Skip links

Mergulho – Edimara Condé Arouca

Hoje resolvi nadar. Nadar nos meus pensamentos e mergulhar dentro de mim. Afinal qual escolha eu tenho? Depois de duas semanas de isolamento forçado, o silêncio que corta as paredes de cada célula parece saltar para fora de mim, enquanto chego nas profundezas de um mar cheio de sonhos alcançados, em planejamento, outros ainda por realizar. A pressão aumenta, a dor provocada pelo medo de não conseguir voltar à superfície, beirando asfixiar a alegria da aventura, turva a coragem, gera dúvidas. Hey, pare de duvidar,…. Acredite, vai passar!

 

Edimara Condé Arouca

45 años

Oriunda de Brasil, residente en Leverkusen, Alemania

Traductora y Especialista en Gestión de Clientes

Dejar un comentario